O significado da casa 12 na Astrologia

A décima segunda casa rege

Os inimigos ocultos, sejam externos ou internos, os impedimentos, as prisões, os exílios, os cárceres, os asilos, os hospitais, os lugares de confinamento, os internatos, os laboratórios, os bastidores, os cinemas, as boates e inferninhos, os lugares distantes e solitários, os monastérios, os manicômios, os desgostos, as aflições, as provações, a miséria moral e material, os processos criminais, a renúncia, o celibato, as restrições, privações, as confusões, o caos, a solidão, as traições, as infiltrações, a corrupção, o fumo, o álcool, os anestésicos, as drogas em geral, os vapores, plásticos, os cosméticos máscaras, óleos, produtos artificiais, os atores, a pesca, a caridade dada ou recebida, a escravidão, os vícios, a espionagem, as atividades secretas, a decadência, as doenças longas ou crônicas, os grandes animais, as grandes máquinas, os monstros, as aberrações.

A décima segunda casa tem relação com os pés e o psiquismo.

Correspondência

O signo de Peixes