As 7 leis de Hermes Trismegisto

As Leis de Hermes encerram em 7 Leis definidas o funcionamento de todo nosso universo de modo simples e magistral.

Hermes Trismegisto (ou Trimegistus, ou três vezes grande) é a base das chamadas Ciências Herméticas.

Dizem antigos relatos, que Hermes teria sido um sábio sacerdote que viveu no antigo Egito na cidade de Tebas a cerca de dois mil anos antes de Cristo. Sua figura é muitas vezes identificada como o deus Thoth ou Mercúrio, pois este último como significador natural de inteligência, e tudo que Hermes Trismegisto nos legou são obras da mais alta inteligência (era comum na antiguidade, as pessoas identificarem os grandes sacerdotes com os deuses).

Em nossos dias, hermético é sinônimo de algo bem fechado, impenetrável, portanto sempre as ciências herméticas dos antigos eram destinados a poucos adeptos que se mostravam preparados para receber determinados ensinamentos.

A Astrologia é por excelência uma das três grandes Ciências Herméticas Magnas (ou Alta Ciência) junto com a Alquimia e a Magia. São os três estágios da antiga Alta Iniciação: na Astrologia estuda-se as leis do Universo, na Alquimia aprende-se e aplica-se transformar o inferior em superior, na Magia modifica-se os objetos externos como coautor e servo da aplicação das leis superiores.

Falar de Astrologia sem conhecer de modo pragmático as Leis de Hermes e sua aplicação direta seria como falar de engenharia sem conhecer a matemática. Todos os antigos Mestres da Astrologia (incluindo William Lilly, Robert Fludd, John dee, Jean-Baptiste Morin de Villefranche , Zadkiel, Julevno) eram hermetistas, ou sejam, eram praticantes dos ensinamentos de Hermes. Para compreender o que dizem suas obras, é necessário ter a chave.

Das obras de Hermes Trismegisto, as que chegaram aos dias de hoje foram: O Caibalion (ou Kaibalion) e Corpus Herméticum (A tábua de esmeralda). Sua obra mestre é o Kaibalion onde encontra-se as 7 Leis de Hermes.

Recomendamos a todos que procurem aprender, meditar e observar os aspectos da vida e do universo através destas Leis, pois isso os ajudará mais do que ler inúmeros volumes de Astrologia.

Podemos sem dúvida alguma dizer que a chave da Astrologia é Hermes trismegisto.

Os Sete Princípios Herméticos

"Os Princípios da Verdade são Sete; aquele que os conhece perfeitamente, possui a Chave Mágica com a qual todas as Portas do Templo podem ser abertas completamente." − O CAIBALION

I. O Principio de Mentalismo

"O TODO é MENTE; o Universo é Mental."

II. O Principio de Correspondência

"O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima."

III. O Princípio de Vibração

"Nada está parado; tudo se move; tudo vibra."

IV. O Principio de Polaridade

"Tudo é Duplo; tudo tem polos; tudo tem o seu oposto; o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados."

V. O Principio de Ritmo

"Tudo tem fluxo e refluxo; tudo ,em suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação."

VI. O Principio de Causa e Efeito

"Toda a Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo coma Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei."

VII. O Principio de Gênero

"O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos."

No curso de formação de astrólogos e no trabalho de pesquisa em astrologia, as Leis de Hermes constituem a base de trabalho e aprendizado.